Documento original:

Seguem comentarios para algumas das perguntas colocadas por Claudia na conclusao de seu texto:

"Um tratamento so' e' bem sucedido quando ha' cooperacao do paciente. De que forma nos, como comunidade de computacao, podemos cooperar para alavancar nosso trabalho ? Como podemos nos transformar de seres reativos em proativos ?"

Uma maneira obvia e' cobranca deste tipo de atitude. Por exemplo, se um elemento de cada instituicao participante dos Projeto ProTeM tivesse como uma de suas obrigacoes responder ao questionario apresentado no ano passado, creio que haveria um numero bem maior de contribuicoes; o mesmo vale para as respostas ao SECOMU deste ano. Haveria, inclusive, mais respostas a essas perguntas da Claudia.... Em termos de cooperar com alavancar nosso trabalho, uma atitude que poderia ser acrecentada `as propostas do ProTeM e' a da demanda por uma interacao parcial com instituicoes, emergentes e nao emergentes, outras que as participantes do projeto; nessa interacao deveria existir algum tipo de transferencia de tecnologia...

"... Como podemos divulgar os resultados de nossas pesquisas e projetos de forma a garantir seu pleno aproveitamento ? Como prestar efetivamente contas `a comunidade dos avancos obtidos ? Como convence-la que nao moramos em uma torre de marfim ... ?"

- Divulgacao junto `a comunidade cientifica

E' necessaria distincao entre dois pontos distintos: divulgacao junto `a comunidade cientifica `a sociedade de um modo geral. No primeiro caso, os projetos normalmente ja' buscam divulgar seus resultados dada a importancia para para as avaliacoes do CNPq e CAPES. Essa divulgacao tem sido ainda mais intensa junto aos projetos ProTeM, vide inumeros workshops, o que indica que o ProTeM tem agido tambem como indutor deste processo. E' importante observar que o ProTeM, alem de incentivar, *financia* a divulgacao dos resultados na forma de apoio a workshops e participacao de congressos, etc. Esse tipo de atividade, que parece ter sido voluntaria entre os projetos ProTeM, poderia ser uma das atividades obrigatorias.

Alem disso, seria interessante se fosse possivel que o ProTeM realizasse junto `a potenciais instituicoes emergentes (principalmente estas) uma intensa divulgacao dos resultados obtidos com os projetos de maneira mostrar o que pode ser feito com o tipo de parceria proposto pelo ProTeM. (Algo similar aos 'tours' de pecas tetrais e conjuntos musicais?) Naturalmente, esta divulgacao poderia ser feita junto a instituicoes emergentes ou nao ja' participantes de um projeto (isso daria acesso aos trabalhos desenvolvidos por outros grupos) - sem divida este tipo de atividade divulgaria os resultados obtidos. Para viabilizar esse 'tour', talvez fosse interessante um selecao de alguns resultados de alguns projetos. Apesar de entender que uma divulgacao macica via WWW deve continuar em andamento junto ao site do ProTeM-CC, uma discussao "ao vivo em em cores" pode dar mais resultados, particularmente junto a instituicoes emergentes.

- Divulgacao junto `a sociedade

Ja' em relacao `a sociedade de modo geral, uma modo de permitir a divulgacao dos resultados seria a associacao aos eventos tradicionais da comunidade cientifica (Congresso SBC e seus Simposios, por exemplo) algum tipo de atividade dirigida especificamente `a comunidade.... paines, demonstracoes e seminarios poderiam fazer parte de um dia de atividades "aberto ao publico em geral", no qual os o trabalho desenvolvido seria colocado em linguagem acessivel `a populacao, por exemplo. A producao de um documentario associado `a este dia tambem forneceria material de divulgacao. Entre as dificuldades deste tipo de divulgacao estao: (a) algumas areas sao mais ou menos propiciais a este tipo de divulgacao; (b) o custo associado e (c) a inexperiencia da comunidade neste tipo de trabalho. Entretando, nao vejo nenhum destes como fatores que nao posssam ser transpostos se a divulgacao junto `a sociedade for considerada, de fato, um prioridade.

* "As avaliacoes formativa e conclusiva pressupoe avaliadores independentes e isentos. Quem serao os avaliadores? "

A indepedencia deve se dar a nivel de projetos, uma vez que grande parte da comunidade pesquisadora deve estar engajada direta ou indiretamente ao projetos financiados pelo ProTeM ou outras agencias.

Finalmente, a avaliacao, em si, e' uma tarefa dificil para a qual algum treinamento, se realizado, deve trazer beneficios.

* "Como garantir a qualidade da avaliacao?"

A qualidade da proposta, do planejamento e do acompanhamento sao fatores que devem facilitar avaliacao. A qualidade da avaliacao deve ser garantida com bom avaliadores que acompanharam desenvolvimento do projeto....

* "Porque e' que tantos artigos publicxados por pesquisadores brasileiros nao tem um so' agradecimento ?

Falta a cultura; tanto que o ProTeM exigiu que constassem em artigos publicados a referencia ao Projeto. A exigencia deve continuar.